Deputado deixa cair calcinha no plenário da Câmara,diz jornal. - Blog do Walter Lima

Destaques:

Adsense Abaixo do Cabeçalho

Adsense Início dos Posts

30 de mai de 2012

Deputado deixa cair calcinha no plenário da Câmara,diz jornal.


BRASÍLIA - Há duas semanas um mistério ronda a segurança da Câmara dos Deputados e preocupa um deputado saliente.
Por volta das 17h, no horário da Ordem do Dia, esse deputado chegou correndo para votar, e na entrada principal do plenário, próxima à Mesa, mexeu nos bolsos e sem ver, deixou cair a prova do crime: uma calcinha - mais para calçola - azul e vermelha, com babadinhos nas laterais. Sem saber que deixara para trás o objeto sexual, o parlamentar foi para o meio do plenário. Um dos seguranças, vendo a calcinha estendida na entrada do plenário, sem despertar a atenção dos parlamentares, assessores e jornalistas que sempre ficam na entrada, deu um chutinho discreto, empurrando a lingerie para o lado da lixeira. Avisado pelos seguranças, um assessor do presidente Marco Maia (PT-RS) recolheu a calcinha e a escondeu no bolso. A partir daí, a peça íntima foi examinada por assessores, jornalistas e seguranças à exaustão. A única conclusão: a peça foi usada antes e não pertence a uma sílfide. Sem saber o que fazer com o achado, a calcinha foi recolhida “aos achados e perdidos” da Segurança da Câmara. Até agora não foi reclamada por nenhum parlamentar.--------------------------- Leia mais sobre esse assunto em Deputado deixa calcinha cair
do bolso no plenário da Câmara
Fonte: O Globo E mais de acordo com o deputado Tiririca (PR-SP), a calcinha é do tipo "tanga", vermelha e com detalhes brancos. A calcinha teria caído do bolso de um parlamentar que, ao perceber o sumiço, procurou-a por todo o Plenário. A peça teria sido recolhida rapidamente por outra pessoa, que esperou o deputado sair para mostrá-la a alguns parlamentares e funcionários. O dono da calcinha não foi identificado. VEJA O VÍDEO ABAIXO:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seus comentários. Cautelosamente apreciaremos para liberação.
Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

LEIA TAMBÉM:

Receber notícias no e-mail

Adsense Final dos Posts