Novo decreto vai ampliar redes e acesso à banda larga, diz secretário de Telecomunicações - Blog do Walter Lima

Destaques:

Adsense Abaixo do Cabeçalho

Adsense Início dos Posts

Raynet-telefone-blog-do-walter-lima-anunciar

14 de mai de 2012

Novo decreto vai ampliar redes e acesso à banda larga, diz secretário de Telecomunicações


Em evento, Maximiliano Martinhão destacou as ações do governo para massificar o acesso à internet no pais. Foto: Herivelto Batista
Brasília, 10/05/2012 – O secretário de Telecomunicações do MiniCom, Maximiliano Martinhão, destacou que o acesso à banda larga no país deverá aumentar de forma significativa com o Decreto de Implantação Conjunta de Infraestrutura e Direito de Passagem. O documento, que está em fase de elaboração, vai permitir a implantação conjunta de infraestrutura de telecomunicações em obras públicas, como viárias e de energia, e acabar com a cobrança pelo direito de passagem em áreas públicas. A declaração foi festa nesta quinta-feira, em Brasília, durante o seminário Banda Larga no Brasil e os Direitos dos Consumidores. “Atualmente, o setor enfrenta muitas dificuldades devido à grande diversidade de legislação para construção de redes de telecomunicações”, afirmou Maximiliano Martinhão. Ele acrescentou que o governo também aguarda a aprovação da Lei Geral de Instalação de Antenas, que prevê uma legislação federal única para a instalação de antenas de telefonia celular (Estações Radio-Base ou ERBs). Durante sua participação no evento, o secretário de Telecomunicações apresentou um resumo das ações já realizadas pelo Programa Nacional de Banda Larga, como o Regime Especial de Tributação, que deverá ampliar em R$ 20 bilhões os investimentos em redes de alta velocidade até o ano de 2016. “Além de aumentar e antecipar os investimentos em infraestrutura de telecomunicações, o regime especial também fomenta a indústria nacional, gera empregos e contribui para reduzir o déficit da balança comercial”, destacou. Além disso, ele lembrou o acordo firmado pelo MiniCom com as concessionárias de telefonia fixa para a oferta de internet rápida por R$ 35, que já atende mais de 700 municípios e deve chegar a todas as cidades brasileiras até 2014. O secretário também ressaltou a importância da expansão da rede terrestre da Telebrás para garantir a redução do valor cobrado ao consumidor. “A Telebrás desempenha um papel essencial porque permite que pequenos e médios provedores participem desse mercado, estimulando a competição, que é um vetor importante para a redução dos preços”, explicou. De acordo com Martinhão, até o final de 2014 a rede da Telebrás passará dos 30 mil quilômetros e cobrirá 4.283 municípios. “As demais cidades, localizadas em regiões mais afastadas, deverão ser atendidas por meio de satélites”, acrescentou. O seminário Banda Larga no Brasil e os Direitos dos Consumidores foi realizado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) e debateu aspectos que envolvem a banda larga no Brasil e a proteção dos direitos dos consumidores. Confira a apresentação do secretário Maximiliano Martinhão no seminário Publicado em 10/05/2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seus comentários. Cautelosamente apreciaremos para liberação.
Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

LEIA TAMBÉM:

Receber notícias no e-mail

Adsense Final dos Posts