Acusados de fraude em Monsenhor Tabosa continuarão presos. - Blog do Walter Lima

Destaques:

Adsense Abaixo do Cabeçalho

Adsense Início dos Posts

23 de jul de 2012

Acusados de fraude em Monsenhor Tabosa continuarão presos.


O desembargador Luiz Evaldo Gonçalves Leite negou habeas corpus para Antônio Souto Neto, Francisco Alex Vasconcelos do Nascimento, Maria Lucivane da Silva Mesquita Souto e João Orleans Alves Rodrigues Júnior. Eles são acusados de fraudar licitações no Município de Monsenhor Tabosa.

A defesa alegou que a finalidade da prisão temporária foi cumprida, pois já houve a oitiva administrativa dos demais indiciados. Também justificou carência de fundamentação da decisão que decretou a custódia. O desembargador negou os habeas corpus por considerar que a decisão judicial está “devidamente fundamentada na necessidade de resguardar a coleta de provas e de evitar que os investigados venham a prejudicar o andamento do inquérito”.

Os quatro acusados e outras nove pessoas foram presas na última quinta-feira (19) durante operação conjunta do Judiciário, Ministério Público e das Polícias Civil e Militar estaduais.

Fonte: Ceará News 7
Veja também Desembargador nega pedido de liberdade para acusados de ...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seus comentários. Cautelosamente apreciaremos para liberação.
Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

LEIA TAMBÉM:

Receber notícias no e-mail

Adsense Final dos Posts