Em Milhã no sertão central CE, agentes do Pro- Cidadania questionam cancelamento do programa. - Blog do Walter Lima

Destaques:

Adsense Abaixo do Cabeçalho

Adsense Início dos Posts

Raynet-telefone-blog-do-walter-lima-anunciar

21 de jan de 2013

Em Milhã no sertão central CE, agentes do Pro- Cidadania questionam cancelamento do programa.

O Município não tinha outra alternativa a não ser cancelar o Pró Cidadania, disse o assessor jurídico da prefeitura.
Programa pró-cidadania poderá ser cancelado em Milhã.
Pró- cidadania do município de Milhã no Ceará. FOTO: Reprodução

De acordo com a publicação  no diário do sertão central do diário do nordeste do dia  21/01/2013  às 15:00 por , a cidade de Milhã distante  301km de Fortaleza, está passando por um momento bem preocupante, depois que o prefeito Otacílio Macedo no seu  terceiro dia de mandato mandou ofício para o Destacamento da Polícia Militar exonerando o Pró Cidadania. 

Mais de acordo com o assessor jurídico da Prefeitura de Milhã, advogado Sigeval Pinheiro, disse ao Diário do Sertão Central, que o Município não tinha outra alternativa a não ser cancelar o Pró Cidadania. O INSS resgatou parte dos recursos e não haveria dinheiro para pagar os Agentes.
Com tudo, o prefeito Otacílio Macedo já agendou reunião com o Governo do Estado para reativar o Programa. 

A Parceria sendo confirmada os Agentes voltarão a prestar segurança à população de Milhã, concluiu.

O Pró-Cidadania foi instituído em abril de 2009 sendo coordenado pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), que está implantou o programa em alguns municípios do Ceará com população abaixo de 50 mil habitantes. O objetivo é prevenir atos e ações que possam causar danos à comunidade, bem como situações que venham a por em risco o patrimônio e os bens públicos, com seus agentes auxiliando as instituições de segurança e defesa social.


Não deixe de acompanhar  mais informações sobre a  informação, clique em:  Diário do Sertão Central

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seus comentários. Cautelosamente apreciaremos para liberação.
Configurem crime de calúnia, injúria ou difamação;
Art. 140 - Injuriar alguém, ofendendo-lhe a dignidade ou o decoro.
Pena - detenção, de 1 (um) a 6 (seis) meses, ou multa.

LEIA TAMBÉM:

Receber notícias no e-mail

Adsense Final dos Posts

Raynet-telefone-blog-do-walter-lima-anunciar