Sistema Maior divulga nota de esclarecimento sobre investigação envolvendo emissoras. - Blog do Walter Lima

Destaques:

Adsense Abaixo do Cabeçalho

Adsense Início dos Posts

6 de nov de 2013

Sistema Maior divulga nota de esclarecimento sobre investigação envolvendo emissoras.

No final de terça,05, o sistema maior de comunicação de Quixeramobim divulgou uma nota de esclarecimento sobre a "operação ondas da corrupção"em que o Ministério Público do Estado do Ceará, cita a rádio Campo Maior AM na investigação.

Segue a nota abaixo:  
A Rádio Campo Maior de Quixeramobim Ltda, na pessoa de seu sócio diretor e diretor presidente da Fundação Canudos, Sérgio Eduardo Holanda Machado, vem a público esclarecer que em virtude da operação “ondas da corrupção”, realizada pelo Ministério Público Estadual, foram cumpridos na manhã de hoje, terça-feira, 5 de novembro de 2013, mandados de busca e apreensão na sede das referidas instituições, que culminaram com a apreensão de 5 computadores e documentos das emissoras Rádio Campo Maior AM e Canudos FM, bem como na residência de Sérgio Eduardo Holanda Machado, onde nada foi apreendido. Veja mais sobre a nota...

A respeito de tal fato e das acusações impostas às referidas instituições, reafirma estar colaborando com o Ministério Público Estadual e a Justiça, para fins de elucidação dos fatos, por não temer e guardar confiança na Justiça e no Estado Democrático de Direito, certos de que a apuração de tais ações se dará da forma mais isenta, imparcial e justa possível, como deve ser. As denúncias devem ser apuradas para que não paire nenhuma dúvida da ética, da responsabilidade e da idoneidade dos envolvidos que, já estão sendo vítimas do pré-julgamento da sociedade, o que por si só configura uma injustiça e um dano irreparável à sua imagem. Sérgio Eduardo Holanda Machado tem vinte e seis anos de atuação no rádio, onde defende a moralidade, a independência, a democracia e o respeito à função social deste veículo de comunicação.

Os fatos imputados são graves e merecem ser apurados para que no afã de se buscar o julgamento de supostos crimes, não seja maculada sua honra e história construída com trabalho e dignidade inabaláveis. Por fim, espera que a Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (ACERT) acompanhe de perto o processo para que as investigações não venham a reprimir e limitar a atuação das emissoras afiliadas investigadas; restringindo, assim, a atuação da imprensa e solidariza-se com a emissora co-irmã, Rádio Difusora Cristal, na pessoa de sua diretora Violeta Câmara, que também está sendo investigada e foi alvo da mesma operação, reiterando seu compromisso e respeito para com os milhares de ouvintes das rádios Campo Maior AM, Canudos FM e Difusora Cristal AM.

Sérgio Eduardo Holanda Machado
Diretor-Presidente
Rádio Campo Maior de Quixeramobim Ltda
Fundação Canudos

LEIA TAMBÉM:

Receber notícias no e-mail

Adsense Final dos Posts

Raynet-telefone-blog-do-walter-lima-anunciar