Filme lançado em Pedra Branca conta história de vereador comprador de votos - Blog do Walter Lima

Destaques:

Adsense Abaixo do Cabeçalho

Adsense Início dos Posts

23 de ago de 2014

Filme lançado em Pedra Branca conta história de vereador comprador de votos


Após o lançamento em Pedra Branca, o filme será apresentado em Fortaleza e nas nove microrregiões do  Ceará que compõem o Fórum Cearense. Também haverá lançamento nacional, em Recife (PE), na web e nas redes sociais das entidades que compõem a ASA Brasil.

Além da proposta cultural, o curta tem o objetivo de conscientizar os eleitores sobre a importância de não barganhar o seu voto. Como o período é de seca acentuada, dentre as promessas dos candidatos no pleito deste ano estão até o fornecimento de abastecimento hídrico.

"Além da questão da água em troca de votos, o filme traz outras abordagens, como a questão do direito à informação, os direitos da mulher em oposição ao machismo, a importância da cisterna de placas para a convivência com o semiárido e a arte promovendo o exercício da cidadania", ressalta o cineasta.

Alessandro Nunes, membro da coordenação do Fórum Cearense Pela Vida no Semiárido, destaca a importância da campanha. A proposta chama a atenção para a moralidade e a ética na hora de votar. "O acesso à água é um direito, não é favor de gestor público, portanto não pode ser usado como moeda de troca na compra de votos. O filme Dona Caroba traz essa lição de cidadania".
Curta-metragem

Dona Caroba é uma líder comunitária. Ela é tentada por um político a convencer sua comunidade a votar em um candidato de sua indicação. Em troca, ele mandará carro-pipa para abastecer a comunidade. Como ela não aceita a proposta, o político ameaça atrapalhar a implantação das cisternas de placas na comunidade. Caroba vê-se acuada com as ameaças do vereador, mas ao dormir tem um sonho revelador.

Quando acorda, coloca em prática um plano que desmoraliza o político perante toda a comunidade. Por ser informada, determinada e destemida, ela livra a comunidade das práticas de políticos que querem tirar vantagem eleitoreira das dificuldades do acesso à água em comunidades do semiárido.

Além de Caroba, uma agricultora que sempre busca informação através de leituras, reuniões, telejornais, o curta tem como principais personagens o seu esposo Julião. Ele é um agricultor teimoso e machista. O vereador inescrupuloso se chama Chicão, um sujeito espertalhão que vive de enganar as pessoas e compra votos para eleger políticos corruptos. Daí surge o Anjo da Informação. Ele é a personificação da consciência da Caroba, uma figura imaginária que a aconselha para o bem.

Conforme Fram Paulo, o roteiro é uma adaptação da peça teatral Auto de Dona Caroba, também de autoria dele, comunicador popular da ASA pelo Centro de Defesa dos Direitos Humanos Antônio Conselheiro. O curta-metragem tem duração de 30 minutos e foi totalmente rodado no distrito de Tróia. Os moradores da comunidade participaram das gravações com personagens e figuração. "Produzimos uma comédia que traz elementos da cultura tradicional do semiárido e da religiosidade popular", acrescenta.

A campanha foi lançada pela ASA também em 2012 com o objetivo de alertar contra os abusos no uso eleitoreiro da água. Além de alertar as famílias agricultoras, a ASA também solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral apoio à campanha, através de ofício para a ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha. Esse tipo de troca é crime pela Lei de Combate à Corrupção Eleitoral.

Para ler na pagina do jornal diário do Nordeste clique em:
DONA CAROBA > Filme faz alerta irreverente sobre corrupção eleitoral
Polêmicas e informações do seu município você poderá assistir em nosso canal de vídeos clicando AQUI.

As informações são do repórter Alex Pimentel/Diário do Sertão Central. 

LEIA TAMBÉM:

Receber notícias no e-mail

Adsense Final dos Posts